coluna do sandro

Diretor de "Meu Nome não é Johnny" e "Tim Maia" fará filme sobre Casagrande

Produtor Frederico Lapenda definiu time completo

Publicado em 11/10/2017 às 14:55

Por Sandro Nascimento


 Diretor de
Capa da biografia que vai virar filme

Cinema é uma arte coletiva. Um filme, para ter êxito nas bilheterias, além de uma boa história e um elenco que chame a atenção do público precisa de uma equipe de produção formada por notáveis talentos. 

Ainda sem previsão de estreia, o longa sobre Walter Casagrande Jr., ex-jogador de futebol e comentarista da Globo, começa a sair do papel e ganhar forma.  O produtor do projeto, Frederico Lapenda, depois de uma longa negociação, assinou com o experiente Mauro Lima para dirigir a história.

publicidade

Mauro traz na bagagem produções como "Meu Nome não é Johnny", “Reis e Ratos” e as cinebiografias do cantor Tim Maia e do maestro João Carlos Martins.

“Gostei muito do trabalho do Mauro, ele é uma excelente aquisição para o projeto", declarou Lapenda, que em julho também anunciou o dramaturgo e escritor Marcelo Rubens Paiva para a missão de adaptar o livro "Casagrande e Seus Demônios" para o roteiro do filme.

publicidade


Frederico Lapenda, Mauro Lima e o produtor Angelo Salvetti

A Globo e a Paris Filmes, as maiores players do mercado, serão as distribuidoras do longa de Casagrande. Além de Lapenda, o projeto também contará com os produtores Angelo Salvetti e Cosimo Valerio.

publicidade

"Os dois são excelentes profissionais e posicionarão o filme de uma forma diferenciada na Europa. A próxima etapa agora será a escalação do elenco e tem tudo para dar muito certo”, aposta o pernambucano Frederico Lapenda, que já produziu filmes americanos com os atores Nicholas Cage, Danny Glover, Val Kilmer, entre outros.


Cosimo Valério e o dono da Paris Filmes, Marcio Fracarolli

publicidade

Escrito por Casagrande em parceria com o jornalista Gilvan Ribeiro, "Casagrande e Seus Demônios" teve uma excelente aceitação do público e figurou na lista dos mais vendidos. “O Brasil precisa de um filme como esse para levar o alerta contra as drogas para as próximas gerações. A epidemia da dependência química aumenta a cada ano, destruindo famílias, carreiras e a nossa sociedade", concluiu o produtor brasileiro.

 

publicidade


Melhores do Ano NaTelinha 2019: Vote e eleja os destaques do ano na televisão!

TAGS

casagrande

walter casagrande jr.

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!


FECHAR