Pai galã

Rômulo Estrela brinca de boneca com o filho: "Ainda existe tabu"

Ator da Globo mostra momento em família e fala sobre educação de Theo; confira

Publicado em 30/06/2020 às 17:55


 Rômulo Estrela brinca de boneca com o filho:
O ator Rômulo Estrela brinca de boneca com o filho, Theo

Paulo Pacheco
i
X

Paulo Pacheco

Paulo Pacheco é jornalista formado pela faculdade Cásper Líbero e tem 30 anos. Apaixonado por televisão desde criança, escreve sobre bastidores do entretenimento desde 2013, com passagens por grandes portais e emissoras de TV.

Publicado em 30/06/2020 às 17:55

 

continua depois da publicidade

Rômulo Estrela passou a tarde desta terça-feira (30), com brincando o filho, Theo, de quatro anos, e sua boneca, Lola. Após o momento em família, o ator da Globo falou sobre sensibilidade e a importância de o garoto gostar de um brinquedo considerado erroneamente só para meninas.

"Achamos que seria bom ele ter essa boneca e criar uma relação, porque se em algum momento ele quiser ser pai ele vai ter um registro afetivo da infância e uma possibilidade de construir uma relação boa com o filho ou a filha", disse Rômulo, que é casado com há 11 anos com a empresária Nilma Quariguasi.

continua depois da publicidade

"É louco ver que ainda existe um tabu por trás dessa questão, quando não deveria existir. A gente tem pensado muito sobre essas coisas, e acho que a gente tem que dar vazão para a nossa sensibilidade, porque é genuíno no ser humano, que é ser sensível", prosseguiu Rômulo no Instagram.

O ator, que está no ar na reprise de Novo Mundo, ainda comentou que ter sensibilidade o ajudou como homem na carreira artística.

"Eu sempre pude externalizar a minha sensibilidade, sempre tive liberdade para isso. Isso foi fundamental para que eu fizesse as escolhas que fiz na mina vida e para minha profissão", finalizou.

continua depois da publicidade

 


TAGS

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!


FECHAR