notícias

RedeTV! investe em jornalismo e se destaca com a "Super Faixa do Esporte"

NaTelinha visita programa e conversa com Luciano Faccioli e Débora Vilalba

Publicado em 09/07/2015 às 19:15

Por Sem autor


Divulgação/RedeTV!

Por muito tempo, a RedeTV! ficou conhecida como o canal de "Superpop", "Teste de Fidelidade" e sub-celebridades. O jornalismo sempre foi considerado de nível bom, mas não à ponto de ofuscar o restante da programação.

Porém, a RedeTV! vem tentando escrever uma nova história para o seu destino. Desde o início de 2015, investe em contratações de profissionais gabaritados no mercado e principalmente na qualidade de programas, com ideias apresentadas pelo superintendente de jornalismo e esportes, Franz Vacek, que está no cargo há quase um ano. Profissionais do quilate de Mariana Godoy, Celso Zucatelli, Edu Guedes, Mariana Leão, Débora Vilalba, Luciano Faccioli, além de pessoal de reportagem e compra de direitos de transmissão para o esporte, como a Superliga de Vôlei, Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia e o Campeonato Paulista de Basquete.

Falando de esporte, este é o foco da reportagem: o NaTelinha visitou no último sábado (04) a sede da emissora em Osasco, na Grande São Paulo. Durante toda a tarde, acompanhamos a "Super Faixa do Esporte", apresentado por Luciano Faccioli e também por Débora Vilalba, que comanda as transmissões de vôlei. A atração fica no ar das 14h até às 19h10 e tem, além de vôlei, a transmissão da Série B do Campeonato Brasileiro e o programa de games "E-Games", que começou com apresentação de Claudia Carla, que já saiu do canal e foi substituída por Gabriela Pasqualin. Em números, mantém a média da emissora: 1 ponto com participação de 2%.

Entrevistamos Faccioli, que veio de uma experiência não muito bem sucedida em Recife, na TV Jornal/SBT, e Débora Vilalba.

Faccioli comenta esta nova boa fase da RedeTV!: "Aqui é uma casa muito simpática. Eu falo no ar que é o melhor astral da TV brasileira, e realmente é". Antes de falar sobre o programa, Faccioli conta como recebeu o convite para apresentar o esporte e relembra da fase em Pernambuco, onde diz que a atração que apresentava 'era só sangue': "Lá em Pernambuco se matam 3 por 4. Era muito crime, era só sangue. Não deu certo, o pessoal do Recife é muito bairrista, pelo que eles mesmo me falavam. E como eu era de fota, eles preferiram o Cardinot, a TV Jornal viu que eu não atingiria aquele teto que eu consegui, e decidimos rescindir, e eu resolvi voltar. E voltei sem nada. Foi quando veio o convite do Franz Vacek e do Alexandre Raposo, nosso vice-presidente comercial. Me falaram que não me queriam, por enquanto, para algum jornal e sim para o esporte. Me perguntaram se eu queria e eu aceitei na hora".

Sobre a "Super Faixa", Faccioli fala animado: "Acho que nós estamos investindo em pessoal, em qualidade, o Franz é um cara de ideias novas. Ele não é muito mais novo que eu, mas ele é um executivo de ideias novas. Ele é um cara que não tem medo de ousar, de fazer algo diferente".

Sobre ter deixado os programas policiais, Faccioli é sincero e diz que cansou: "Quando eu fiz o 'Brasil Urgente' quando o Datena foi para a Record, naquele período de quarenta dias, eu fiz só pela visibilidade, porque achei que seria bom, mas eu não suportava, eu odiava. Não ganhei um centavo a mais, a TV até prometeu, mais esperei sentado. Quando ele voltou, fiquei até aliviado, e voltei pra manhã. Gosto de fazer algo mais pra prestação de serviço, ou algo mais leve assim como o esporte. O 'Brasil Urgente' e o 'Cidade Alerta', do Datena e do Rezende, são a cara dos apresentadores. Eles se divertem, Datena e 'Brasil Urgente' se merecem, o 'Cidade Alerta' tem a característica do Marcelo Rezende, eles tem prazer em fazer aqueles programas. Tanto que, quanto saí do programa, levei as 21 pessoas da produção para jantar. Era um fardo, não gosto de fazer o sangue pelo sangue".

Já Débora Vilalba, que antes de ir para a RedeTV! estava na Band, mas longe do esporte, comentou que tudo foi uma surpresa: "A RedeTV! aproveitou um momento esquisito da TV, para contratar, para investir, e eu acabei entrando nesse meio, porque além de eventos, eles precisavam de pessoal para o programa. E com muita alegria, lembraram do meu nome, fazia cinco anos que não trabalhava com esporte, já que eu fiz 'A Liga', na Band. E vim pra cá, para voltar no segmento que eu comecei".

Débora diz que gosta do esporte e que tem muita identificação com o meio: "Eu tenho muita identificação com o esporte, quando eu passei a trabalhar com isso, foi porque eu já praticava esporte, meus amigos eram pessoas que trabalhavam com esporte, que praticavam, então foi um passo apenas".

A "Super Faixa do Esporte" vai ao ar todos os sábados, a partir das 14h, na RedeTV!.

TAGS

super faixa do esporte

redetv!

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

FECHAR
Imagem Veja Mais - Na Telinha

Leia também:

Gimenez sensualiza na escada e fã diz: "força, levanta e sobe"

x