séries

Netflix quer investir em biografias para produções brasileiras

Sucesso de Bandidos na TV fez empresa se interessar no filão de histórias reais

Publicado em 26/02/2020 às 10:57


 Netflix quer investir em biografias para produções brasileiras
Netflix deve investir em biografias no streaming - Foto: Divulgação

Naian Lucas
i
X

Naian Lucas

Naian Lucas escreve há 10 anos e já fez de tudo um pouco nas redações. Apaixonado por televisão, é roteirista e trabalha na área desde 2014. Atualmente, é repórter do NaTelinha e aficcionado por tudo que envolve dramaturgia. Siga-me no Twitter: @naiaan

Publicado em 26/02/2020 às 10:57

A Netflix quer investir pesado a partir deste ano em produções que contem a vida de personalidades importantes do Brasil, as famosas biografias. A decisão surgiu após o sucesso do documentário Bandidos na TV, que abordou a história do apresentador Wallace Souza.

A plataforma de streaming tem buscado enredos que relatem a vida de nomes que tiveram impacto na sociedade brasileira, seja como artista ou criminoso. Uma das histórias que a empresa teria tentado levar para o seu catálogo foi do cantor Roberto Carlos, mas o acordo não foi fechado.

publicidade

Outro enredo que chamou atenção da Netflix foi do assassinato de Eliza Samudio, que envolveu o ex-goleiro do Flamengo, Bruno. A gigante de streaming tentou comprar os direitos do livro Indefensável: O goleiro Bruno e a história da morte de Eliza Samudio, escrito por Paula Sarapu, Paulo Carvalho e Leslie Leitão, mas a Globo saiu na frente e poderá produzi-lo – a direção será de Amora Mautner.

Uma das apostas da empresa para este ano é o filme Sergio, protagonizado por Wagner Moura. O enredo é baseado em uma história real e contará a trajetória de Sergio Vieira de Mello, um diplomata da ONU (Organização das Nações Unidas) que esteve durante anos da sua carreira trabalhando para solucionar conflitos em locais instáveis de várias partes do mundo.

publicidade

O personagem precisou conversar com presidentes, revolucionários, terroristas e criminosos de guerra para poder ser bem-sucedido. Reconhecido internacionalmente, sua morte chocou diplomatas e líderes de todo planeta.

O pacificador esteve na capital do Iraque no início dos anos 2000 com a missão de negociar um acordo de paz, mas a sede da ONU em Bagdá é atacada por uma bomba e Sergio fica no meio dos escombros. A partir daí, ele vai repensar a vida.

publicidade

Mesmo sendo respeitado entre os diplomatas, Sergio não é conhecido pelo grande público e o desejo da Netflix é ter em seu catálogo histórias que causaram comoção, como explicado acima.

Sucesso de Bandidos na TV

publicidade

Bandidos na TV se tornou uma das produções brasileiras mais assistidas na Netflix e fez a empresa buscar ampliar esse filão. Outras duas produções nacionais que também mostraram um momento histórico do Brasil foram O Mecanismo e Democracia em Vertigem.

A série protagonizada por Selton Mello trouxe detalhes da Lava-Jato e polemizou entre personalidades políticas, sendo criticada por direitistas e esquerdistas. Já o documentário de Petra Costa recebeu indicação ao Oscar ao narrar os bastidores do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.

publicidade


TAGS

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!


FECHAR