Tirou do armário

Nickelodeon confirma: Bob Esponja é gay

Orientação sexual da esponja-do-mar foi anunciada em publicação sobre o Orgulho LGBTQ+

Publicado em 14/06/2020 às 16:35


 Nickelodeon confirma: Bob Esponja é gay
Bob Esponja surgiu em 1999, na TV norte-americana, e fez grande sucesso ao redor do mundo nos anos seguintes - Foto: Reprodução/Nickelodeon

Redação NT
i
X

Redação NT

O NaTelinha é um site pioneiro em entretenimento e cultura de televisão no Brasil, sendo referência por sua ética e credibilidade, trazendo sempre a verdade, como deve ser. Twitter: @sitenatelinha / Instagram: @sitenatelinha / facebook.com/sitenatelinha

Publicado em 14/06/2020 às 16:35

Após décadas de especulação em torno da sexualidade de Bob Esponja, que faz grande sucesso desde o início dos anos 2000, a Nickelodeon, emissora responsável pelo desenho animado, finalmente tirou o personagem do armário. Em publicação neste sábado (13), a emissora norte-americana colocou a famosa esponja-do-mar entre os personagens que integram a Comunidade LGBTQ+.

continua depois da publicidade

"Celebrando o orgulho com a comunidade LGBTQ+ e seus aliados neste mês e em todos os meses", diz a postagem da Nickelodeon nas redes sociais. Ao lado de Bob Esponja, estão Korra, da animação A Lenda de Korra, e Schwoz Schwartz, de Henry Danger, interpretado pelo ator trans Michael Cohen. A publicação celebra o mês do Orgulho LGBTQ+, lembrado em junho.

Bob Esponja surgiu em 1999 e alcançou grande audiência ao redor do mundo nos anos seguintes. No Brasil, foi exibido na TV fechada, mas conquistou maior popularidade por sua exibição na TV Globinho, nas manhãs da Globo. O sucesso do personagem em vários países foi tanto que acabou chegando ao cinema, igualmente alcançando bom público em três longa-metragens.

continua depois da publicidade

Desde a ascensão do desenho, passou-se a se especular sobre a orientação sexual da esponja-do-mar. Houve quem defendesse que Bob e seu melhor amigo, Patrick Estrela, são, na verdade, um casal. Logo no início dos anos 2000, grupos conversadores acusaram a dupla de ser uma tentativa dos criadores de "disseminar a homossexualidade".

Em 2005, o animador norte-americano Stephen Hillenburg, criador do desenho, afirmou que o protagonista da série infantil era assexual. Em entrevista à imprensa norte-americana na ocasião do lançamento do primeiro filme de Bob Esponja, o artista defendeu os personagens do desenho infantil não têm qualquer conotação sexual.

continua depois da publicidade

O status adquirido por meio da cultura pop parece ter sido mais forte que a vontade do criador do desenho. A publicação da Nickelodeon alcançou grande repercussão. No Twitter, em apenas um dia, a "revelação" sobre a sexualidade de Bob Esponja foi compartilhada por 101 mil contas e curtida por 297 mil usuários. Confira:


TAGS

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!


FECHAR