Séries

Protagonista de Jeannie é um Gênio fez filme com Elvis e perdeu um filho por overdose

Atriz se transformou numa grande estrela por causa da série, que completa 50 anos do fim

Publicado em 17/06/2020 às 05:58


 Protagonista de Jeannie é um Gênio fez filme com Elvis e perdeu um filho por overdose
Barabara Eden foi Jeannie é um Gênio - Foto: Montagem

Daniel César
i
X

Daniel César

Daniel César é jornalista formado, pós-graduado em linguística e em roteiro de televisão, com mestrado em Literatura. Trabalha com o universo da televisão desde 2010 e já fez cursos de dramaturgia com nomes como Carlos Lombardi e Thelma Guedes.

Publicado em 17/06/2020 às 05:58

Em 2020 completam-se 50 anos do fim de Jeannie é um Gênio, a série da TV americana criada por Sidney Sheldon para combater o sucesso de A Feiticeira. A produção foi muito além, durou cinco temporadas com 139 episódios exibidos, com direito a indicação ao Emmy. Mas sua grande estrela foi a protagonista, Barbara Eden, que se transformou num verdadeiro furacão durante o período em que interpretou o gênio Jeannie. A atriz teve uma carreira de sucesso, já tendo sido Miss, mas também enfrentou tragédias como a morte de seu único filho, vítima de overdose.

continua depois da publicidade

Barbara não era a maior estrela dos EUA quando venceu centenas de candidatas no teste que lhe deu o papel de Jeannie, mesmo assim já tinha construído uma sólida carreira. Nascida em 1931, ela viveu com a mãe e a irmã a vida toda, após o divórcio dos pais quando ela tinha apenas três anos.

Ela estudou música em um conservatório quando tinha 14 anos e sonhava ser cantora, mas a vida lhe pregou uma peça e em 1951 Bárbara se transformou em Miss San Francisco, o que lhe deu um salto na carreira. Cinco anos depois estreou no cinema e no ano seguinte interpretou na TV o mesmo papel que havia sido de Marilyn Monroe nas telonas, na série How to Marry a Milionare.

continua depois da publicidade

Muito antes de se tornar o gênio fenômeno mundial, Bárbara esteve ao lado de ninguém menos que o rei do rock. No filme Estrela de Fogo (1960), a atriz foi par de Elvis Presley e seguiu crescendo nas telonas até chegar ao ápice.

Jeannie é um Gênio

Quando Sidney Sheldon recebeu a missão de criar uma série para bater de frente com A Feiticeira, ele tomou uma decisão. A protagonista de Jeannie é um Gênio teria de ser morena para evitar qualquer comparação com a concorrente. Entre centenas de candidatas, Barbara foi a única loira e sofreu até com desdém dos produtores.

continua depois da publicidade

Quando conseguiu o papel, a atriz não perdeu a chance de devolver o tratamento. Em entrevista para a Variety, relembrou a situação. "Sidney Sheldon me telefonou e suas primeiras palavras foram 'Eu sei que você é a minha gênia'. Foi o trabalho que consegui mais facilmente", brincou.

Antes da estreia da série de sucesso, no entanto, Barbara quase teve de desistir porque se descobriu grávida. Ela estava casada com o também ator Michael Ansara e decidiu continuar na produção, sendo apoiada por Sheldon. No fim, o papel icônico lhe custou duas indicações ao Globo de Ouro e fama mundial.

continua depois da publicidade

Quando soube, em 1970 que Jeannie é um Gênio chegaria ao fim, a protagonista ficou tão inconformada que resolveu tirar satisfação com o patrão. “Eu perguntei ao Sidney por que terminar e ele disse que a intenção era chegar ao máximo a 100 episódios, mas que tinha ido bem além”, revelou em entrevista a NBC nos anos 80.

Vida pós-Jeannie é um Gênio

Depois da série, a atriz seguiu na carreira, embora nunca mais tenha conquistado o mesmo sucesso de Jeannie. Mesmo assim, Barbara se manteve em evidência e interpretou mais de 34 papéis, inclusive repetiu por duas vezes o gênio nos filmes Jeannie é um Gênio – 15 anos depois (1985) e Jeannie ainda é um gênio (1991).

continua depois da publicidade

Ela também realizou o sonho de criança e virou cantora, gravando até um LP nos anos 70. Como forma de investir o dinheiro conquistado, Barbara virou dona de cassinos e resortes, se apresentando neles em algumas ocasiões, o que atraia a atenção do público. Na virada do século, garantiu ainda uma nomeação como um dos 200 ícones da cultura Pop, pela revista People

Tragédia pessoal

Barbara Eden se casou três vezes. Com Michael Ansara ficou entre 1958 e 1974 e a união lhe rendeu o único fruto de sua vida, o filho Matthew. Entre 1977 e 1982 foi esposa de  Charles Fegert e atualmente segue num longo casamento, desde 1991 com Jon Eicholtz.

continua depois da publicidade

Matthew, nascido em 1965 é a grande tragédia da vida da atriz. Ele quis morar com o pai quando o casal se separou e ela não teve opção a não ser aceitar. Mas ao se separar do segundo casamento e retornar para a Califórnia, descobriu que o jovem havia virado dependente químico.

Barbara passou então a tornar como missão pessoal cuidar de Matthew e chegou a freqüentar reuniões para ajudá-lo a se livrar das drogas. Ela conseguiu por muitos anos salvar o rapaz, mas em 2001 ele apareceu morto em Los Angeles, vítima de uma overdose. Sobre o assunto, a atriz foi categórica. “Ele ganhou muitas batalhas, mas perdeu sua guerra pessoal. Aconselho a todos os pais: conversem com alguém que já passou por isso e procure ajuda imediatamente para seu filho. Se você tratar essa doença antes, pode salvá-lo”, afirmou em entrevista a Oprah Winfrey, em 2003.

continua depois da publicidade

TAGS

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!


FECHAR