Novidades

A estratégia do HBO Max e da Disney para combater a Netflix

Batalha de streamings por assinantes será intensa

Publicado em 12/07/2020 às 12:10


 A estratégia do HBO Max e da Disney para combater a Netflix
HBO Max e Disney+ vão investir pesado contra a Netflix - Foto: Divulgação

Daniel César
i
X

Daniel César

Daniel César é jornalista formado, pós-graduado em linguística e em roteiro de televisão, com mestrado em Literatura. Trabalha com o universo da televisão desde 2010 e já fez cursos de dramaturgia com nomes como Carlos Lombardi e Thelma Guedes. Me siga no Twitter e no Instagram pelo @demlocesar

Publicado em 12/07/2020 às 12:10

HBO Max e a Disney+ entraram no mercado dos streamings e começam a montar suas estratégias para atrair assinantes e brigar de igual para igual com a líder de assinaturas no mundo na plataforma: a Netflix. E o modelo adotado pelos dois conglomerados é bastante similar até este momento: investir em produções originais, mas que sejam ancorados em universos que o público já esteja acostumado - quase sempre na safra de super-herois.

continua depois da publicidade

A onda de herois na dramaturgia voltou a ter espaço na década passada com o cinema e migrou para a TV aberta americana, rapidamente se tornando um fenômeno de audiência. Com o advento do streaming, a Netflix foi a primeira a investir no formato, mas nunca o tratou como a cereja do bolo de suas produções originais. Mas como cada grande empresa de comunicação decidiu lançar seu próprio serviço, os acordos com a Netflix foram sendo desfeitos.

A primeira grande produção da Disney+ foi The Mandalorian, que explora justamente o universo daquela que é considerada a mais importante obra do cinema quando o assunto é heroi - ainda que não nos quadrinhos: Star Wars. A série não fez o sucesso esperado, mas funcionou de carro-chefe para os países em que houve o lançamento do serviço, ajudando a plataforma a ter mais assinantes que apenas quem buscava produções antigas no imenso catálogo da Disney.

continua depois da publicidade

O serviço vem confirmando diversas novas obras originais seguindo o mesmo molde de Mandalorian. A Disney vai investir no universo da Marvel e também o a Pixar para levar familiaridade ao espectador e buscar novos assinantes. Já estão confirmadas séries que levarão títulos como Ms.Marvel, She-Hulk, Moon Knight e Lizzie McGuire, ainda sem data para lançamento, assim como uma história sobre Cassian Andor, voltando ao universo de Star Wars.

HBO Max

No caso do HBO Max, a notícia da semana foi um investimento milionário no universo de um dos mais importantes super-heróis do quadrinho, do cinema e da TV. A plataforma irá produzir uma nova versão de Batman, tendo ninguém menos que Robert Pattinson (Crepúsculo) como o homem-morcego da nova versão. A história irá investir na cidade corrupta de Gotham, mostrando os tipos de criminosos que vivem no lugar sombrio criado nos quadrinhos. A ideia, como bem lembraram os fãs, é semelhante ao de outra série recente, Gotham, que investiu na adolescência do personagem que se transformaria em Batman.

continua depois da publicidade

Este não é o primeiro projeto assim anunciado pela plataforma da Warnermedia, pois já foi revelado que em 2021 chegará ao catálogo do serviço a controversa versão de Liga da Justiça. O projeto é um filme que nunca havia visto a luz do dia, já que o principal produtor havia se afastado do projeto e o longa que foi ao ar, acabou sendo completamente diferente de sua ideia. o HBO Max confirmou para o próximo ano que irá inserir em seu catálogo a versão de Zack Snyder. Embora seja tratado como filme, o lançamento é idêntico ao de uma série, pois o longa de 4 horas será liberado em seis partes, ou seja, como uma espécie de minissérie de seis episódios.

continua depois da publicidade

Além disso, o HBO Max anunciou que irá produzir a nova versão de Duna, sucesso do cinema e baseado no livro homônimo. A história acompanha a humanidade no ano 10 mil e já espalhada pelo universo, mas tendo regredido para o modo feudal. A história é considerada uma poderosa crítica a discussões econômicas e a forma como a humanidade lida com essas questões. Ainda não há prazo para o lançamento.

No Brasil

Seja no melhor estilo super-heroi ou com obras de ficção científica, tanto Disney+ quanto HBO Max lançam suas estratégias para tentar brigar com a Netflix que, até o momento, nada de braçadas como a maior plataforma de streaming no mundo.

continua depois da publicidade

No Brasil não é diferente, mesmo tendo a Globoplay como concorrente, o serviço lidera com folga, já tendo mais de 15 milhões de assinantes. Embora com o advento de novelas clássicas na plataforma do Grupo Globo, a distância entre as duas tenham diminuído. A expectativa da entrada da Disney+ e do HBO Max no Brasil é para 2021.

continua depois da publicidade

TAGS

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!


FECHAR