SBT vai exibir

Betty em NY teve protagonista em teste insano e roteirista de versão de O Clone

Trama será exibida pelo SBT em 2020

Publicado em 02/01/2020 às 09:30


 Betty em NY teve protagonista em teste insano e roteirista de versão de O Clone
Betty em NY poderá ser exibida no SBT em 2020. Foto: Divulgação

Naian Lucas
i
X

Naian Lucas

Naian Lucas escreve há 10 anos e já fez de tudo um pouco nas redações. Apaixonado por televisão, é roteirista e trabalha na área desde 2014. Atualmente, é repórter do NaTelinha e aficcionado por tudo que envolve dramaturgia. Siga-me no Twitter: @naiaan

Publicado em 02/01/2020 às 09:30

O SBT planeja exibir Betty em NY no início deste novo ano de 2020. A trama é uma das muitas versões de Yo Soy Betty, la fea (1999), que ficou conhecida no Brasil como Betty, A Feia. O remake americano da novela colombiana foi ao ar na Telemundo, canal nos EUA voltado para o público hispânico, em 2019. Protagonizada por Elyfer Torres, que venceu uma batalha insana para interpretar a personagem, a trama tem uma familiaridade com o Brasil, por meio de uma das roteiristas.

continua depois da publicidade

A produção já pode ser vista no Brasil através da Netflix, tendo 123 capítulos. A nova versão gira em torno de Beatriz Aurora Rincón Lozano, vivida por Elyfer que teve de desbancar 900 concorrentes no teste para ganhar o papel. Ela é mexicana e teve de se mudar para os EUA enquanto gravou a novela.

E o Brasil tem familiaridade com Betty em NY graças a uma de suas roteiristas. Trata-se de Sandra Velasco, que também trabalhou na equipe que criou a versão hispânica de O Clone, produzida pela Telemundo em 2010. Assim como o enredo de Betty, a história de Jade conquistou os latinos nos Estados Unidos, transformando-se em um dos maiores sucessos do país.

continua depois da publicidade

Vale lembrar que Yo Soy Betty, la fea é considerada, ao lado de Maria do Bairro (1995), uma das telenovelas mais bem-sucedidas do mundo. A trama foi vendida para mais de 100 países e ganhou uma versão nos Estados Unidos em 2006, intitulada de Ugly Betty, vencendo importantes prêmios como o Emmy e o Globo de Ouro. O NaTelinha chegou a fazer uma lista relembrando as principais versões da história que rodou o mundo todo.

continua depois da publicidade

Participação especial em Betty em NY

Lembra do personagem Armando, protagonista de Betty, a Feia? Ele foi interpretado por Jorge Enrique Abello e o ator fez uma participação especial na nova versão da Telemundo.

Ele se encontrou com o Armando do remake americano, que ficou nas mãos de Erick Elías. Claro que os fãs das duas novelas foram ao delírio e se tornou um dos principais assuntos dos veículos de comunicação que cobrem televisão nos Estados Unidos.

continua depois da publicidade

Protagonista de Betty em NY

Poucos sabem, mas Elyfer Torres ganhou notoriedade no México ao trabalhar na série A Rosa dos Milagres. A atriz estreou no programa em 2012 e participou de cinco episódios ao longo de cinco anos.

Formada no Centro de Educação Artística da Televisa, a atriz teve um desafio e tanto ao interpretar a personagem. Para poder esconder sua aparência do público, a atriz apagou todas as suas fotos antigas das redes sociais. Quem faz a adaptação da história de Betty, precisa realizar mistério sobre a beleza da artista que trabalha no papel principal e a Telemundo seguiu o roteiro a risca.

continua depois da publicidade

 

A história de Betty em NY

A versão hispânica nos EUA da história acompanha a vida de uma jovem mexicana inteligente e determinada que vive em Nova York, precisando superar preconceitos para realizar seus sonhos.

Como não é uma pessoa bonita, ela é rejeitada por vários empregos e aceita uma profissão abaixo da sua capacidade. Lá é ridicularizada e humilhada todos os dias por causa da sua aparência, mas luta com todas as forças para se manter firme e também encontrar um verdadeiro amor.

continua depois da publicidade

A produção alcançou bons índices de audiência nos Estados Unidos, sendo vista por 1 milhão de telespectadores por capítulo. Vale destacar que a Telemundo é um canal pago e os moradores da terra do tio Sam perderam o hábito de acompanharem programas em tempo real, usando a ferramenta TiVo para gravar suas atrações favoritas.


TAGS

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!


FECHAR