Televisão

Record é detonada na web após Cidade Alerta acusar homem morto sem provas

Usuários não gostaram da abordagem feita pelo programa

Publicado em 10/06/2020 às 09:50


 Record é detonada na web após Cidade Alerta acusar homem morto sem provas
Luiz Bacci no Cidade Alerta - Foto: Reprodução/Record

Redação NT
i
X

Redação NT

O NaTelinha é um site pioneiro em entretenimento e cultura de televisão no Brasil, sendo referência por sua ética e credibilidade, trazendo sempre a verdade, como deve ser. Twitter: @sitenatelinha / Instagram: @sitenatelinha / facebook.com/sitenatelinha

Publicado em 10/06/2020 às 09:50

A cobertura de um assassinato pelo Cidade Alerta, na última terça-feira (9), revoltou a família da vítima e também internautas. O nome da Record se tornou um dos principais assuntos das redes sociais desde ontem e o público criticou a abordagem feita pelo programa apresentado por Luiz Bacci.

continua depois da publicidade

“A Record errou feio mais uma vez. Se tornou frequente esse tipo de situação no Cidade Alerta”, disparou um seguidor. “Luiz Bacci envergonha o jornalismo. Depois daquele constrangimento com a mãe que descobriu ao vivo que a filha foi morta, ele protagoniza essa nova cena”, comentou um usuário.

A irritação dos telespectadores com o programa policial ocorreu porque a repórter Luiza Zanchetta e o cinegrafista José Filho cobriam um caso de assassinato. A jornalista acusou o rapaz morto de ser agiota e sofreu ameaças da filha órfã, que desabafou e ganhou um pedido de desculpas ao vivo pelo erro.

continua depois da publicidade

"Eles estão aqui um tanto revoltados porque nós temos a informação de que ele empresta dinheiro a juros… desculpa, por favor, não precisa de agressão”, disse Luiza Zanchetta.

"O meu pai, eu perdi meu pai hoje e não estou vendo um pingo de respeito aqui, vocês falando que ele é agiota, gente! Como assim, qual é essa informação? Da onde vocês tiraram isso, por favor? Eu acho que vocês têm que ter um pingo de consideração!”, disse a filha do homem morto.

Bacci pede desculpas

continua depois da publicidade

Após troca de acusações e um quase confronto físico entre familiares com a equipe da Record, Luiz Bacci afirmou trataria o homem morto como suspeito de ser agiota e se desculpou pela abordagem.

"Eu peço desculpas pela abordagem como agiota, nós vamos tratar como suspeito, como deve ser realmente, porque até que a polícia e a Justiça concluam se é agiota ou não existe uma distância. Se fosse outro repórter mais esquentado, levaria isso para a frente, para a polícia, iria dar a maior dor de cabeça, e eu sei que é um homem que, só de ter reconhecido o erro parece ser um cara gente boa, um cara da paz”, afirmou o apresentador.

continua depois da publicidade

Confira a repercussão:

Veja o vídeo:


TAGS

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!


FECHAR